Pacote Black | Contabilidade 6 em 1 [+ Exercícios em PDF]

Preparação Forte em Contabilidade para Todos os Fins. Vai do Nível Básico ao Avançado + Análise da Situação Econômica e Financeira de uma Empresa

Loberto Sasaki
"Sou professor nas áreas contábil, tributária, trabalhista e previdenciária há mais de 30 anos, minha missão é simplificar o conteúdo e facilitar o aprendizado"

       

Conteúdo do curso ESAF

Conteúdo Programático | ESAF
Professor: Loberto Sasaki
Carga horária: 26 horas
Aulas: 13


BATERIA 1
01. Custo Atribuído (Deemed Cost)
02. DRE. Operações descontinuadas
03. Propriedades para investimentos. Critérios de avaliação
04. Método da equivalência patrimonial. Mais-valia e Ganho por compra vantajosa
05. Método da equivalência patrimonial. Custo da equivalência patrimonial
06. Reserva de lucros a realizar
07. Encargos sociais. FGTS e INSS Patronal
08. Apropriação de folha de salários

BATERIA 2
09. Método da equivalência patrimonial. Resultado negativo na avaliação do Investimento
10. Método da equivalência patrimonial. Resultado positivo na alienação do Investimento
11. Método de custo. reconhecimento do recebimento de dividendos
12. Redução ao valor recuperável de ativos (Impairment) – cálculo
13. Redução ao valor recuperável de ativos (Impairment). Valor depreciável
14. Gastos com manutenção e instalação de imobilizado
15. Folha de salários. registro da retenção de INSS do segurado
16. Arrendamento mercantil. Situação problema
17. Propriedades para investimentos e Imobilizado
18. Ativo intangível. Gastos com pesquisa e desenvolvimento
19. Ativo permanente diferido. Procedimentos que podiam ser adotados com os saldos existentes em 31/12/2008
20. Dividendos obrigatórios. Companhias abertas
21. Demonstrações contábeis obrigatórias. Segundo a legislação societária
22.Participações de terceiros no lucro. Lucro líquido do exercício
23. Participações de terceiros no lucro. Cálculo das participações dos Administradores
24. Folha de salários. Encargos totais
25. Redução ao valor recuperável de ativos (Impairment)
26. Alienação de imobilizado
27. Reserva legal
28. Dividendo obrigatório
29. Participações de terceiros no lucro
30. Patrimônio líquido. Saldo após as distribuições
31. Propriedades para investimentos. Caracterização

BATERIA 3
32. Alienação de imobilizado
33. Reservas de lucros
34. Ações em tesouraria
35. Imobilizado. Depreciação e teste de recuperabilidade (Impairment)
36. Reservas de lucros
37. Dividendo obrigatório
38. Depreciação – Cálculo
39. Demonstrações financeiras obrigatórias
40. Destinação do resultado

BATERIA 4
41. Folha de salários e encargos sociais
42. Método da equivalência patrimonial. Avaliação de investimento
43. Método da equivalência patrimonial. Recebimento de dividendos
44. Benefício econômico de ativo
45. Redução ao valor recuperável de ativo (Impaiment) – Cálculo
46. Ações em tesouraria
47. Método de custo. Apropriação de dividendos a receber
48. Imobilizado. Compra e venda intercompanhias
49. Imobilizado. Gastos com manutenção e reforma
50. Participações de terceiros no lucro

BATERIA 5
51. Desconto de Duplicatas
52. Operações com mercadorias. Apuração do CMV pelo método da média ponderada móvel
53. Destinações do lucro. CSLL, IRPJ, Participações de terceiros no lucro, Reserva legal e Reservas de lucros
54. Provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD)
55. Reserva legal
56. Informações das demonstrações contábeis, segundo o item 9 do CPC 26
57. Redução ao valor recuperável de ativo (Impairment) – Cálculo
58. Método da equivalência patrimonial. Reconhecimento e cálculo da avaliação do investimento
59. Escrituração e demonstrações financeiras obrigatórias, segundo a Legislação Societária.
60. Reservas de lucros

BATERIA 6
61. Método da equivalência patrimonial. Aquisição de investimento com ágio por
 expectativa de rentabilidade futura (Goodwill)
62. Desconto de duplicatas. Lançamento
63. Participações de terceiros no lucro – Cálculos
64. Diversos: Sociedades coligadas, Investimentos relevantes, Capital social, Leasing e Impostos a recolher x Impostos a pagar
65. Provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD).
66. Provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD) – Cálculo
67. Depreciação – Cálculo
68. Recebimento de nota promissória com desconto – Lançamento
69. Desconto de duplicatas – Lançamento
70. Participações de terceiros no lucro – Cálculos

BATERIA 7
71. Operações com mercadorias. Cálculos de IPI e ICMS
72. Operações com mercadorias. Cálculo do CMV pelo método da média ponderada móvel
73. Operações com mercadorias. Gastos com transportes sobre compras
74. Operações com mercadorias. Cálculos de IPI e ICMS
75. Provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD) – Cálculo
76. Operações com mercadorias. subavaliação de estoque final no sistema de inventário periódico
77. Operações com mercadorias. Apuração do RCM pelo método da média
 ponderada móvel
78. Imobilizado. Aquisição com incidência de IPI e ICMS
79. Operações com mercadorias. Aquisição de mercadorias com incidência
 de IPI e ICMS
80. Operações com mercadorias. determinação do estoque final pelo
 método da média ponderada móvel

BATERIA 8
81. Operações com mercadorias. apuração do RCM e do LLE
82. Demonstração dos fluxos de caixa (DFC). Atividades operacionais, ajustes do resultado do exercício
83. Demonstração dos fluxos de caixa (DFC). Atividades de financiamento
84. Demonstração dos fluxos de caixa (DFC). Método indireto, ajustes do resultado do exercício
85. Demonstração do valor adicionado (DVA). Valor adicionado recebido em transferência
86. Demonstração do valor adicionado (DVA). Valor adicionado recebido em transferência
87. Demonstração do resultado abrangente (DRA). Outros resultados abrangentes
88. Ativo não circulante mantido para venda
89. Balancete de verificação. apuração de saldo
90. Balanço patrimonial. Cálculo do ativo circulante

BATERIA 9
91. Demonstração dos fluxos de caixa (DFC). Depreciações, Dividendos e Juros sobre capital próprio
92. Demonstração do valor adicionado (DVA). Insumos adquiridos de terceiros
93. Perdas estimadas em créditos de liquidação duvidosa (PECLD)
94. Demonstração dos fluxos de caixa (DFC). Fluxos de caixa relativos ao recebimento de clientes no período
95. Provisões no conceito internacional, segundo o CPC 25
96. Patrimônio líquido – Cálculo
97. Ativo não circulante – Cálculo
98. Teoria das contas
99. Demonstração do resultado do exercício (DRE). Discriminação, segundo o Artigo 187
100. Demonstração do resultado do exercício (DRE). Cálculo do aumento do patrimônio líquido

Assine já e tenha acesso a
todo conteúdo deste curso.

ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos



  Voltar para a página do Curso

Depoimentos dos alunos

Voltar ao topo